---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Ambiente
Projeto "Lixo Orgânico Zero" é apresentado em Dionísio Cerqueira

Publicado em 07/02/2020 às 14:19 - Atualizado em 07/02/2020 às 15:53


Créditos: Foto: Assessoria de Comunicação - PMDC Baixar Imagem

Na manhã desta sexta-feira (07), na sede do auditório da Prefeitura em Dionísio Cerqueira, foi realizada a apresentação do projeto “Lixo Orgânico Zero”, de autoria do departamento de Agronomia, da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em parceria com o deputado Mauro De Nadal, que adotou em seu gabinete, a destinação adequada de todo o lixo orgânico que ali é produzido, através da instalação de jardineiras, na laje do Palácio Barriga Verde.

 

- Defendemos a bandeira de preservação do meio ambiente desde o começo do nosso mandato. Já criamos leis, como a que dá destinação correta aos animais mortos, que eram enterrados de forma inadequada e prejudicavam o lençol freático. Também defendemos a redução do ICMS para a energia fotovoltaica, incentivando assim os catarinenses na utilização de energias renováveis. Hoje com este projeto, que está transformando o lixo orgânico produzido em nosso gabinete em material orgânico junto a floreiras da Alesc. Um processo fácil e prático. Uma solução para uma demanda que a cada ano cresce e é debatida por todos, que é correta destinação das sobras orgânicas, comenta Mauro.

 

De acordo com o prefeito cerqueirense Thyago Gnoatto, que estará, nos próximos dias, realizando a implementação do projeto no município, entende que é importante, de que a população tenha consciência de como funciona todo o projeto de compostagem, além do processo de reaproveitamento de material orgânico que é descartado, “pois assim acredito que poderá ser aplicado, primeiramente nas escolas, e em seguida nas residências também. E é com as crianças que vamos incentivar, já que elas estão tomando consciência acerca da necessidade de preservação do meio ambiente para as presentes e futuras gerações”.

 

O método desenvolvido pela Udesc, consiste em colocar o lixo orgânico produzido em um canteiro, com camadas grossas, de 15 a 20 cm e coberto com material orgânico de mais difícil decomposição, como serragem ou folhas trituradas. O canteiro passa a ser uma espécie de composteira. Segundo o professor de Agronomia da Udesc, Germano Güttler, o projeto pode ser realizado em qualquer espaço aberto, necessitando apenas de uma pequena área de terra, mas que requer uma série de cuidados para que não ocorram problemas como mau cheiro, presença de insetos, formação de chorume ou aparência desagradável.

 

________________________________________

Assessoria de Comunicação

Sandro Barcelos – Jornalista MTB 11.520/PR

Município de Dionísio Cerqueira/SC

www.dionisiocerqueira.sc.gov.br

comunicacao@dionisiocerqueira.sc.gov.br

Telefone: +55 49 3644-6700


Informações Relacionadas

Assuntos