---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Dionísio Cerqueira receberá projeto “Lixo Orgânico Zero”

Publicado em 06/02/2020 às 13:09 - Atualizado em 07/02/2020 às 14:22


Créditos: Arte: Assessoria de Comunicação - PMDC Baixar Imagem

O resultado positivo do projeto Gabinete Lixo Orgânico Zero – implementado em dezembro de 2019 pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Mauro de Nadal (MDB) – virá a Dionísio Cerqueira na próxima sexta-feira (07), em que estará iniciando um roteiro por cidades da região, apresentando experimentos em compostagem e reaproveitamento de lixo orgânico à estudantes do ensino fundamental e médio, além de professores, secretários de educação e lideranças dos municípios vizinhos.

 

De acordo com o prefeito cerqueirense Thyago Gnoatto, é importante que a população tenha consciência de como funciona todo o projeto de compostagem, além o processo de reaproveitamento de material orgânico que é descartado, “pois assim acredito que poderá ser aplicado, primeiramente nas escolas, e em seguida nas residências também. E é com as crianças que vamos incentivar, já que elas estão tomando consciência acerca da necessidade de preservação do meio ambiente para as presentes e futuras gerações”.

 

De Nadal montou um projeto em seu gabinete, em parceria com o departamento de Agronomia, da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Todo o lixo orgânico produzido no seu gabinete foi transferido para uma jardineira instalada na laje do Palácio Barriga Verde, que está produzindo melancias.

 

O vice-presidente espera, inclusive, que outros colegas de Parlamento reproduzam a ação nos gabinetes, podendo até levar a ideia para suas respectivas regiões. Na sua avaliação é necessário incentivar a mudança de comportamento da sociedade, para que cada vez mais os cidadãos saibam a importância do lixo orgânico na natureza e do seu reaproveitamento, fazendo com que se consiga, a partir dele, produzir hortaliças e flores, por exemplo.  “Pode até virar uma alternativa econômica para quem coloca em prática. Ainda mais que esta transformação pode ser feita em casa, em uma sacada por exemplo, onde se pode plantar temperos e hortaliças, ou na criação de uma horta comunitária. Isso permitirá que as pessoas economizem”.

 

O evento ocorrerá às 9h de sexta-feira, no auditório da Prefeitura de Dionísio Cerqueira. Na parte da tarde, as cidades de Cunha Porã e Cordilheira Alta receberão as apresentações.

 

Sobre o projeto

 

O método consiste em colocar o lixo orgânico produzido em um canteiro, com camadas grossas, de 15 a 20 cm, e coberto com material orgânico de mais difícil decomposição, como serragem ou folhas trituradas. O canteiro passa a ser uma espécie de composteira. O projeto pode ser realizado em qualquer espaço aberto, necessitando apenas de uma pequena área de terra, mas que requer uma série de cuidados para que não ocorram problemas como mau cheiro, presença de insetos, formação de chorume ou aparência desagradável.

 

Um dos diferenciais deste método, em relação às composteiras tradicionais, é que este não serve somente de adubo para o plantio de alimentos. Algo que pode ser feito diretamente no chão, sem sequer exigir o uso de pá ou enxada. Outra vantagem é a economia de água.

 

________________________________________

Assessoria de Comunicação

Sandro Barcelos – Jornalista MTB 11.520/PR

Município de Dionísio Cerqueira/SC

www.dionisiocerqueira.sc.gov.br

comunicacao@dionisiocerqueira.sc.gov.br

Telefone: +55 49 3644-6700