---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saúde
Dionísio Cerqueira tem ação de vacinação contra sarampo e febre amarela

Publicado em 17/09/2019 às 07:32 - Atualizado em 17/09/2019 às 07:38


Créditos: Ricardo Wolffenbüttel / Secom Baixar Imagem

O Ministério da Saúde (MS) realiza, entre os dias 16 e 27 de setembro, uma ação de vacinação contra a febre amarela e sarampo em cinco cidades brasileiras fronteiriças aos países que compõem o Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai). Em Santa Catarina, a vacinação será em Dionísio Cerqueira, município que faz fronteira com a Argentina. A cidade catarinense possui uma sala de vacinação que funciona em horário estendido, das 7h às 18h15. O Dia D da ação será em 21 de setembro.

A iniciativa vai respeitar os protocolos e calendário de vacinação de cada país. Em Santa Catarina, a vacina tríplice viral (sarampo, caxumba, rubéola) será aplicada em pessoas com seis meses a 29 anos de idade, com esquema vacinal incompleto, nunca vacinadas ou sem comprovante de vacinação. A vacina contra a febre amarela será aplicada em pessoas com mais de nove meses de idade nunca vacinadas ou sem comprovante de vacinação. Moradores de Dionísio Cerqueira que não tenham se vacinado contra essas doenças ou estejam com o esquema vacinal incompleto devem procurar a unidade de saúde da cidade para atualizar a caderneta de vacinação. Para a imunização, basta levar a carteirinha de vacinação (se tiver) e um documento com foto.

De acordo com a gerente de imunização da DIVE/SC, Lia Quaresma Coimbra, é importante lembrar que, no caso da vacina tríplice viral, pessoas com idade entre um e 29 anos precisam ter duas doses, considerando um intervalo de, pelo menos, 30 dias entre a primeira e a segunda dose. No caso da febre amarela, uma única dose é suficiente para que a pessoa fique imunizada por toda a vida.

O objetivo desta ação, segundo o Ministério da Saúde, é ampliar as coberturas vacinais em função do sarampo nas Américas e potenciais surtos de febre amarela em regiões do Brasil. A iniciativa conta com o apoio de países do Mercosul, estados e municípios brasileiros. Além de Dionísio Cerqueira, participam da campanha, simultaneamente, os seguintes municípios brasileiros: Ponta Porã (MS), Barra do Quaraí (RS) e Foz do Iguaçu e Barracão (PR).